quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Flor de Cacto

Foto da Internet



Sou resistente à seca e ao vento
que assolam minha região
Com espinhos num caule suculento
preservo-me dessa ingratidão
Pensam não ter sentimento
por isso abro a flor do meu coração

2 comentários:

Clau Assi Poesias disse...

Que o Cristo renasça em cada um de nós!!
Feliz Natal!!

Clau Assi Poesias disse...

Janeiro!!
Passando pra desejar que o ano seja de muita poesia e brisa.

Beijo ternurento
Clau Assi